• rostos meninas
  • image01c

Três Centrais eléctricas a gás natural

Três novas centrais eléctricas a gás natural deverão entrar em funcionamento até 2014 nas regiões de Ressano Garcia, província de Maputo, e de Chokwé, em Gaza, gerando cerca de 400 megawatts de energia eléctrica, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.
  Parte da energia eléctrica produzida pelas três centrais a gás natural vai ser injectada na rede nacional da Electricidade de Moçambique (EdM), mas o remanescente alimentará os países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) que, tal como Moçambique, debate-se com uma procura energética superior à oferta. As três centrais juntar-se-ão à inaugurada na semana passada em Ressano Garcia, que tem como matéria-prima para o seu funcionamento o gás natural produzido em Pande e Temane, na província de Inhambane. Construída pela firma escocesa Agrekko, a unidade agora em funcionamento gera 107 megawatts, 15 dos quais são usados pela EdM para reforçar a carga fornecida às três províncias do sul do país e os restantes 92 megawatts vão para a rede da Eskom, companhia sul-africana de electricidade. Uma das duas novas centrais a ficarem na região de Ressano Garcia disporá de uma capacidade de produção de 160 megawatts e será construída ao abrigo de uma parceria entre a Electricidade de Moçambique (EdM) e o grupo petroquímico sul-africano Sasol. A segunda, de 200 MW, será um investimento da Gigawatt, uma empresa moçambicana. Por último, a central a ser construída no Chokwé, conhecida por Kuvaninga Energia Project, é um negócio da empresa norte-americana Enventure Partners a ser desenvolvido em parceria com o Investec Bank, um banco de investimento da África do Sul, com entrada em funcionamento prevista para o último trimestre de 2013. (macauhub)

FaceBook  Twitter  

uluslararası ev taşıma eşya depolama/a>