IX Encontros com História no Camões

Decorrem, de 6 a 10 de Maio, entre as 17e45 e as 20 horas, na sala de conferências do Camões em Maputo, os IX Encontros com a História, ciclo de palestras subordinados ao tema “Moçambique na longa duração. Poderes municipais e poderes locais na construção de Moçambique”.

Os interessados em assistir e participar ao evento terão de fazer a sua inscrição (gratuita), até 6 de Maio, na Biblioteca ou Galeria do Centro Cultural Camões em Maputo assinalando-se, no entanto, que o limite de inscrições está limitado a 130 pessoas. Participam na edição do corrente ano os investigadores António P. Machohe (UEM), Augusto Nascimento (Instituto de Investigação Científica Tropical-IICT), Aurélio Rocha (Universidade Eduardo Mondlane-UEM), Eduardo Nguenha (UEM), Euclides Rangel (UEM), Eugénia Rodrigues (IICT), Joel das Neves Tembe (AHM/UEM), Paulo Jorge Fernandes (Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa) e Salvador Forquilha (UEM). Nestes Encontros, uma iniciativa anual do Camões e da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, com o patrocínio das Páginas Amarelas, pretende-se comemorar o 250º aniversário do estabelecimento do poder municipal em Moçambique e os quinze anos do estabelecimento do poder autárquico, ocasião oportuna para se lembrar e debater a já longa evolução do papel dos poderes locais na construção do Estado em Moçambique. Com efeito, a instauração das câmaras municipais resultou da transferência desta instituição a partir de Portugal, no contexto das reformas levadas a cabo pelo Marquês de Pombal. Entre 1763 e 1764, foram estabelecidos senados municipais na Ilha de Moçambique, Ibo, Quelimane, Sena, Tete, Zumbo, Sofala e Inhambane, iniciando-se um processo de municipalização que veio juntar novos actores ao xadrez dos poderes locais já existentes em Moçambique, as autoridades tradicionais africanas. No âmbito destes IX Encontros está também previsto, no dia 10 de Maio, o lançamento da obra Em torno dos nacionalismos africanos, segundo volume da colecção “Encontros com a História”. De referir que a edição destes Encontros terá uma extensão em Xai-Xai, na Universidade Pedagógica, Delegação de Gaza, nos dias 12 e 13 de Maio. Ao cabo de quase uma década de realização anual, os Encontros com a História, iniciados em 2000 e institucionalizados em 2005, tornaram-se uma actividade que concita uma ampla participação por parte de alunos do Ensino Superior e um crescente interesse de académicos nacionais e estrangeiros.

FaceBook  Twitter