• rostos meninas
  • image01c

CFM, TFR, Swazi Rail e MPDC assinam acordo

No âmbito da cooperação entre os países da SADC, a empresa de Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique (CFM), a Transnet Freight & Rail (TFR) da África do Sul, a Swaziland Railway e a Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC) assinaram um Memorando de Entendimento (MOA) que visa melhorar a coordenação e planeamento do material circulante das respectivas linhas férreas.

portomaputo

FaceBook  Twitter  

Protecção Social Básica em reflexão em Maputo

A Plataforma da Sociedade Civil Moçambicana para a Protecção Social (PSCM-PS), realizará no dia 21 de Agosto corrente, no Hotel VIP em Maputo pelas 8h30, em encontro de reflexão sobre alternativas e oportunidades para financiamento da Protecção Social Básica em Moçambique. 

FaceBook  Twitter  

Economia moçambicana resiste bem à crise da zona Euro

O Governo moçambicano considera que a economia moçambicana tem estado a resistir aos abalos da crise da zona euro, tendo a produção global crescido no primeiro semestre 7.3 por cento, contra uma meta anual de 8.5 por cento planificada para Dezembro de 2012. Segundo o Ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, considera que esses dados indicam que a produção global está no bom caminho. Para que o crescimento da produção global no período em análise atingisse aquela percentagem, foi determinante o desempenho dos sectores de construção, como resultado do volume de investimentos na construção e reabilitação de infraestruturas públicas e privadas; a indústria extractiva, mercê da contribuição das areias pesadas de Moma e da produção de carvão mineral em Moatize e Benga.

FaceBook  Twitter  

Moçambique e Botswana assinam acordo sobre transporte

O Botswana vai passar a ter acesso ao Oceano Índico nos termos de um memorando de entendimento assinado com o governo de Moçambique. O Botswana deu início a um programa ambicioso para explorar reservas de carvão estimadas em 212 mil milhões de toneladas, a maior parte das quais a serem exportadas para os mercados asiáticos utilizando as rotas para oriente através do Zimbabwe e de Moçambique pelos portos de Beira e de Maputo. 

FaceBook  Twitter  

Investiemento português gera 96 apartamentos em Maputo

A Indiconstroi – Sociedade de Construções de Moçambique Lda., empresa moçambicana constituída por empresários portugueses, está a finalizar a construção de 96 apartamentos e uma área comercial de 600 metros quadrados, em Maputo, num investimento de oito milhões de dólares. 

FaceBook  Twitter